Skip links

Como o GDPR afeta o Brasil?

Antes de começar a falar sobre como o GDPR pode afetar nosso negócio, devemos entender o que exatamente significa essa sigla: General Data Privacy Regulation (GDPR), basicamente é um projeto que começou a ser idealizado em 2012 e aprovado em 2016 que tem como finalidade proteger os dados e a identidade dos cidadãos da União Europeia.

Mas se tenho uma empresa nacional, como isso pode me afetar?

A integração econômica e cultural entre os países é conhecida como globalização e esse processo está cada vez mais nítido para nós por causa da experiência com as mídias sociais e vendas de produtos online. 

Por conta disso, pensar que algo que acontece fora do país não irá afetar diretamente na sua empresa, soa um pouco ingênuo demais. 

De acordo com Bauman (1999), “Nós somos responsáveis pelo outro, estando atento a isto ou não, desejando ou não, torcendo positivamente ou indo contra, pela simples razão de que, em nosso mundo globalizado, tudo o que fazemos (ou deixamos de fazer) tem impacto na vida de todo mundo e tudo o que as pessoas fazem (ou se privam de fazer) acaba afetando nossas vidas”.

A UE considera a proteção dos dados um direito do cidadão, então, mesmo que seus produtos e ou serviços não façam parte do bloco, devem se adaptar ao GDPR para serem vendidos aos habitantes desses lugares.  Algumas das obrigações da empresa são: 

O serviço deverá permitir que o usuário escolha como os seus dados serão tratados e autorize ou não o seu uso;

O usuário tem direito de saber quais dados estão sendo coletados e para quais finalidades;

O usuário também pode acessar, solicitar cópia ou migrar dados coletados para outros serviços (quando cabível)[…]
Você pode acessar a legislação GDPR em link https://eugdpr.org/

O que acontece se a companhia não seguir da legislação do GDPR?

A empresa poderá receber notificação simples em casos de infrações mais leves até multa de 4% da receita anual da empresa. O Google, por exemplo, recebeu uma multa de 50 milhões de euros na França  por violar o GDPR.

Por conta disso, o compliance se mostra mais importante do que nunca, pois é necessário ter atenção no cumprimento dessa lei e, acima de tudo, entender se sua empresa se encaixa nesses parâmetros e se seus produtos e serviços estão adequados à legislação da União europeia.

Leave a comment

Name*

Website

Comment