Skip links

De um tufão no Japão para a diretoria operacional de uma legaltech

No último dia de palestras da Semana da Mulher, que ocorre entre os dias 25 e 29 de março, o clima foi mais descontraído e intimista. Isso porque a colaboradora e sócia da nossa startup Juristec+, Bruna Demes, foi quem ministrou o bate-papo, com o tema: empreendedorismo feminino na era digital.

Surfista, nordestina, mestre em História pela Universidade Estadual do Ceará, advogada e gestora da nossa legaltech. Bruna conta que todas essas conquistas não vieram de forma fácil. Ainda menina, com 12 anos, recebe a notícia que iria se mudar para o Japão. Amedrontada pela ideia de ter que sair da escola, perder os laços de amizade no Brasil e, sobretudo, assustada pelo o que sabia sobre os terremotos do país oriental, enfrenta, assim que estava chegando, ainda no avião, um tufão que entrou para a história do país.

De lá pra cá, passou por outros momentos marcantes: cursou Direito e História ao mesmo tempo, passou por dificuldades pessoais, mas “aguentou a tempestade passar”, segundo suas próprias palavras. Então decidiu vir a São Paulo e reencontrou nosso CEO, Rui Caminha. Passou a integrar a equipe do Caminha Barbosa e Siphone (escritório de advocacia que é integrado a Juristec+), e então veio o convite para ser sócia e diretora de operações da startup. A gestora conta que todas as vezes que passa por algum acontecimento difícil lembra de sua trajetória, pois isso a fortalece.

Ao final de sua palestra, Rui Caminha abriu uma sessão de perguntas para serem feitas. Questionada sobre como vencer a timidez e enfrentar desafios, ela conta que inteligência emocional é um ponto muito importante, “manter-se calmo e resiliente em meio à situações caóticas” conclui.

Características desejáveis para o futuro

Possibilidade de resolver problemas complexos, aprendizado contínuo de novas competências, gestão de pessoas, pensamento crítico, criatividade, entre outros, são características desejáveis para o profissional de sucesso. Bruna conta que somente o currículo acadêmico não engloba todas as ferramentas necessárias para se ter um bom desempenho, uma vez que, a atualização das universidades é lenta e não acompanha o universo tecnológico e empresarial.

O evento foi organizado pelo projeto institucional “Caminhos Educação” que surgiu após um treinamento oferecido às lideranças. Passando de projeto para realidade, o “Caminhos” é dividido em setores, um deles é o “Caminhos: Educação”, que tem como objetivo agregar conhecimento a todos os colaboradores em diversas áreas da vida.

Leave a comment

Name*

Website

Comment